Um dos sonhos dos que desejam seguir na indústria da aviação é o de se tornar comissário de uma grande companhia aérea internacional. A possibilidade de morar fora do país, conhecer novos lugares e pessoas com uma rotina totalmente diferente, são uns dos encantos do cargo. Em contraponto, a profissão exige muita responsabilidade e um preparo físico e emocional do candidato.

Entre as companhias aéreas estrangeiras em destaque está a Emirates Airlines, sendo classificada atualmente como uma das 10 maiores do planeta. Desde a sua fundação em 1985, nos Emirados Árabes Unidos, tem como missão entregar um serviço de alto padrão de luxo e excelência. Do Aeroporto Internacional de Dubai, sede da Emirates, saem mais de 1500 voos por semana para os mais diferentes destinos.

Além disso, a Emirates oferece à sua tripulação de cabine um estilo de vida único em uma das cidades mais desenvolvidas do mundo. Dubai é conhecida por ser cosmopolita e 80% de sua população é estrangeira. A maior cidade do Emirados Árabes Unidos, surpreende com seu poder de renovação e crescimento para atrair turistas do mundo todo.

Você sabia que um terço da população mundial está localizada a 4 horas de voo de Dubai e dois terços a 8 horas? Essa é uma das vantagens de ser parte da tripulação da Emirates, estar praticamente no meio dos seis continentes e perto dos melhores destinos. A companhia também oferece aos seus comissários descontos em bilhetes de viagens para usarem fora de suas escalas conhecendo outros lugares do mundo.
E não é à toa que muitos comissários de bordo sonham em trabalhar na Emirates. O salário é atraente e isento de impostos, três vezes maior do que os pagos pelas empresas aéreas Brasileiras. Além disso, é disponibilizado um apartamento mobiliado incluindo todos os utilitários necessários. Existem hoje mais de 50 edifícios em vários locais em Dubai onde o comissário pode ser alocado.

Um tripulante de cabine da Emirates trabalha em média de 80 a 100 horas por mês, tendo direito de descansos de 24 ou até mesmo 48 horas na cidade de destino após cada um dos voos. Outro benefício é o fato de poder usufruir de oito dias de folga por mês. Entre um voo e outro os custos com refeições, estadia, transportes são pagos pela empresa.

Outro ponto marcante da companhia são os uniformes dos Comissários de Bordo. Em um tom bege e vermelho, as vestimentas trazem uma sensação de luxo e sofisticação. Inspirados nos costumes do Oriente Médio, os modelos são assinados pelo estilista Simon Jersey. As comissárias ganham um destaque especial por conta do chapéu vermelho com um lenço de seda branco e os homens se apresentam em um terno de cor preta bem alinhado. A lavagem a seco dos uniformes fica por conta da empresa, em alguns lugares designados para o trabalho em Dubai.

Trabalhar com a Emirates lhe dará inúmeras oportunidades: conhecer e trabalhar com pessoas de mais de 120 nacionalidades; aumentar suas habilidades e avançar rapidamente sua carreira. Atualmente, o tripulante de cabine de alto desempenho tem conseguido alcançar a posição de liderança dentro de cinco anos e muitos também se tornam treinadores em serviço de cabine. Muitas pessoas na média e alta gerência juntaram-se primeiro à companhia aérea como comissários e hoje trabalham em outros departamentos.

A empresa incentiva o crescimento profissional de seus colaboradores adotando um plano de carreira. Quando ocorre de ter um cargo vago a equipe na maioria das vezes é a primeira a ser informada, caso alguém se interesse e queira ocupar a nova função basta atender à alguns requisitos: ter o suporte do gerente direto, um ano concluído na função atual, qualificações e experiências mínimas necessárias para a posição anunciada.

De acordo com as atuais regulamentações do governo de Dubai, o contrato é de três anos, não vinculante, renovável com o consentimento da administração e da tripulação da Emirates. Há um período probatório de seis meses a contar da data da adesão. A companhia aérea atualmente conta com mais de 20.000 tripulações de cabine e é recebido uma média de 15.000 pedidos de tripulação de cabine por mês.

Você deve estar pensando no que é necessário para trabalhar em uma empresa tão preocupada com o bem-estar dos funcionários. A boa notícia é que a Emirates está em constante expansão, sempre procurando novos profissionais para compor sua equipe. Se você deseja trabalhar para essa empresa confira abaixo algumas informações importantes que a Emirates Airlines considera na hora de escolher um Comissário.

Requisitos de Carreira

Idade mínima de 21 anos
Alcance de braço de 2,12 cm em pé na ponta dos pés
Altura mínima de 1,60 cm
Ensino médio completo
Fluência em Inglês (escrito e falado)
Sem tatuagens visíveis enquanto estiver no uniforme da tripulação de cabine da Emirates
Facilidade em se adaptar a novas pessoas, lugares e situações
Fisicamente saudável

A seleção dos tripulantes de cabine é realizada em 3 etapas e seguem um procedimento bem exigente. Todas as fases são realizadas em inglês e é exigido que o candidato compareça vestido formalmente nas entrevistas. Caso tenha interesse, pode se informar mais sobre o recrutamento visite Fly Right International, agência parceira responsável pelo recrutamento no Brasil.

Apesar de não estar entre os requisitos de carreira, ter feito cursos em áreas que possam contribuir para o desempenho da profissão são muito bem vistas pela companhia. Certificações como a de gestão de pessoas ou atendimento ao público podem garantir pontos positivos na hora do processo de seleção. Inclusive, um grande diferencial para companhias internacionais, mas obrigatórias para cias nacionais é a certificação da ANAC, que tem como objetivo, entre outras coisas, atestar o grau de confiança e o atendimento a requisitos estabelecidos em regulamentos internacionais de aviação. E para quem busca aprovação neste tipo de certificação, existem várias plataformas que podem te auxiliar na preparação. A melhor delas é o AeroSimulados, que possui em seu banco de dados, mais de 15.000 questões, já atualizadas com a nova lei do aeronauta (Lei n° 13.475, de 28 de agosto de 2017) para quem está estudando para as provas da ANAC. Vale ressaltar que, a companhia esclarece que não é obrigatório ter experiência anterior como comissário de bordo para participar do recrutamento.

Trabalhar em uma companhia aérea internacional como a Emirates Airlines é um sonho de muitos comissários de bordo. O processo seletivo pode ser bastante extenso, mas com muita dedicação e preparo pode render a garantia de maior remuneração e benefícios. Felizmente a profissão de comissário de bordo está em ascensão e com grandes expectativas de crescimento para os próximos anos. Já pensou que essa pode ser a hora certa de se preparar para o futuro? Oportunidades espetaculares estão esperando por você para persegui-las.

Mais informações em: https://www.emiratesgroupcareers.com e https://www.aerosimulados.com.br

Deixar uma resposta